Translate

sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Mazda no Tokyo Auto Salon 2019

O ano começa com o salão de viaturas modificadas de Tóquio e a Mazda está presente com alguns modelos ligeiramente alterados. É o caso do CX-5, CX-8 e novo Mazda3 que como é habitual nestas versões Custom Style recebem alguns apêndices estéticos nomeadamente saias em todo o redor do carro.


No caso do Mazda3 também faz parte o aileron um pouco mais pronunciado num modelo que ostenta a nova cor Polymetal Grey. De destacar que o Mazda3 também se encontra exposto na sua versão stock tratando-se da primeira aparição nacional do modelo no seu país de origem.



O MX-5 marca presença sob a forma de protótipo chamado Drop-Head Coupe Concept onde para além das aplicações em vinil, o Roadster ganha um hardtop. Estão ainda expostos dois modelos do Global MX-5 Cup para 2019.



Por fim uma referência à área de goodies onde se poderão ver miniaturas do novo Mazda3.

segunda-feira, 31 de dezembro de 2018

Novo ano, nova imagem

Entramos em 2019 com uma nova geração de produtos a chegar. Também o blog estreia uma nova imagem. Desejamos aos nossos seguidores e visitantes um excelente ano novo.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2018

Algo mais sobre a Amati

Não é fácil sermos surpreendidos por um "novo" modelo Mazda. Quando pensávamos que já os conhecíamos a todos, surge o A007. Não sabemos se é correcto chamá-lo Mazda, pois foi desenhado na América para a Amati. Também não nos parece um protótipo mas antes um daqueles estudos estilísticos que mais tarde lhes dão origem.


O que sabemos deste carro é que foi desenhado pela taskforce Pegasus para receber o motor V12 que estava a ser desenvolvido para a Amati. Foi praticamente um adiantar serviço antes de ter vindo a ordem do outro lado do pacífico para cancelar todo o projecto Amati.

Encontrámos esta foto num artigo recente da Jalopnik que conta com inputs de várias pessoas que trabalharam de perto com a Amati e Mazda e que ajudaram a adicionar alguns detalhes a uma história já por nós abordada. O artigo tem também alguns detalhes sobre a crise japonesa que estalou em 1992 na sequência da bolha financeira de 1986 a 1991. Esta crise terá ditado o fim do projecto Amati por pressão do governo japonês e do grupo Sumitomo, grandes financiadores da Mazda.

Visitem o nosso artigo sobre a Amati para recordar uma descrição mais alargada da marca: http://mazdanoticias.blogspot.com/2013/05/a-marca-amati.html

Alguns dos pontos abordados estão em consonância com o que escrevemos e outros nem tanto. Por exemplo o facto de Bob Hall dizer que o V12 foi tentado vender à Jaguar quando o que tínhamos dito era que a Jaguar tinha ido aprender com os resultados alcançados pela Mazda. Mais uma vez realçamos que a informação é tão escassa que é difícil saber qual destas versões está correta.

Podemos dizer que o mistério é o mais interessante que restou desta marca.

Recomendamos o interessante artigo da Jalopnik, um artigo com bastante investigação, contributos de peso e ainda alguns links para outros artigos sobre a Mazda que merecem perdermos largos minutos a lê-los: https://jalopnik.com/it-was-japan-s-most-daring-car-then-the-economy-implod-1826265571

segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Boas festas do MazdaNotícias

O novo Mazda3 está pronto para ser exportado. Não chega a tempo de o encontrar logo à noite no sapatinho mas pelo menos vem a caminho.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Relembrando o Mazda MX-6

O nome MX-6 esteve de novo nas bocas do mundo (automobilístico...) pois foi sendo espalhada a notícia de que a Mazda tinha renovado a patente para utilização dessa designação comercial. Embora isso não queira dizer que teremos um novo MX-6 a caminho, a verdade é que vamos aproveitar a oportunidade para relembrar este modelo.

O Mazda MX-6 surge nada mais nada menos do que da versão duas portas do Mazda Capella/626 na sua geração GD de 1987. O que aconteceu foi que em alguns mercados este coupe adoptou a designação 626 e noutros a designação MX-6. Destaque neste 626/MX-6 foi o facto de estrear o primeiro sistema de 4 rodas direccionais do mundo (4WS) sensíveis à velocidade. Facto que muita gente desconhece apesar de hoje em dia o sistema ser utilizado por outras marcas.



A segunda e mais conhecida versão do MX-6 surge em 1992 e tratou-se desta vez de um modelo completamente independente da gama embora use a mesma plataforma do 626 GE da época. Deste MX-6 nasceu o também famoso Ford Probe numa altura em que o acesso à internet ainda não era massificado e muitas pessoas terão comprado o modelo Ford sem saber que a sua base era o modelo japonês. Por oposição hoje em dia qualquer pessoa sabe que ao comprar o Fiat/Abarth 124 está na verdade a comprar um "fiat made in japan".




Nesta geração do MX-6 estavam disponíveis motores 2.0L em linha e V6 mas também 2.2L e 2.5L. Alguns modelos eram construídos nos EUA com destino ao mercado americano e do Japão saiam os modelos com destino ao mercado doméstico e resto do mundo. As diferenças mais perceptíveis entre eles eram ao nível dos grupos ópticos.


Quando o 626 conheceu a sua versão GF o MX-6 desapareceu. As versões mais desportivas do Mazda 626 e depois Mazda 6 passaram a ter a designação MPS. Foi já assumido para o Mazda3 que não haverá versão MPS tal como não houve para a actual geração do Mazda6. Uma vez que o foco não está nos modelos performantes quem sabe na próxima geração do Mazda 6 em 2020, a Mazda não volte ao início da história e lance uma versão 2 portas à qual chame MX-6.

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Mais do que um stand de automóveis

Hoje apresentamos uma magnifica campanha da Mazda Canada. Esta é a marca que tem as pessoas como um dos seus vetores estratégicos.

sexta-feira, 30 de novembro de 2018

Apresentação Mazda3 2019


A nova geração do best-seller Mazda3 teve esta semana a sua apresentação oficial. Foi frisado que estamos perante 2 conceitos distintos: o hatchback de cariz desportivo e corte mais arrojado e o sedan mais elegante de aspeto classico.

O modelo de 5 portas tem recebido algumas criticas à parte traseira quando visto de perfil embora siga o que foi apresentado no protótipo Kai muito apreciado na altura. A versão de 4 portas assemelha-se a um Mazda6 reduzido. Mas deixemos as fotos falar por si.










Foi dado a conhecer que para o Mazda3 hatchback está reservada uma cor exclusiva, a polymetal grey bem como a cor do interior e estofos em vermelho.




Não foram para já adiantadas muitas especificações mas sabe-se que terá os motores Skyactiv-G de 1.5, 2.0 e 2.5L; Skyactiv-D de 1.8L e o Skyactiv-X de 2.0L. As caixas de velocidades serão de 6 relações nas opções automática e manual.

Algumas criticas tem recebido o facto de a suspensão usar na traseira uma barra de torção e foi possível perceber que haverá uma versão AWD que no salão apareceu associada ao modelo com motor Skyactiv-X.

sexta-feira, 23 de novembro de 2018

Acompanhe a revelação do novo Mazda3

Faltam poucos dias para a apresentação mundial do novo Mazda3. Para poder acompanhar a transmissão em direto pode seguir o canal oficial da Mazda no Youtube ou através do site https://www.ustream.tv/MazdaLive. A transmissão está marcada para a madrugada do dia 28, quarta-feira a partir das 3h30.


Entretanto para recordar o protótipo que lhe serviu de inspiração, nada melhor do que rever um vídeo  360º do Mazda Kai.